baiobit™

 

ARTIGO EDUCACIONAL

Análise da amplitude de movimento do ombro antes da temporada & risco de lesões no ombro e cotovelo durante a temporada em atletas de arremesso: revisão sistemática e meta-análise

Autor: Dr. Eithan Cousin

As lesões na articulação do ombro são muito comuns na população desportiva, especialmente para todos os atletas que realizam gestos motores contínuos e repetidos acima do nível da cabeça, o movimento aéreo.

Entre estes podemos recordar os jogadores de:

  • Voleibol
  • Ténis
  • Nadar
  • Futebol Americano
  • Basebol

De acordo com a literatura científica, os riscos de desenvolvimento de um ferimento aéreo podem ser classificados em dois macrogrupos: riscos extrínsecos e riscos intrínsecos.

Os riscos extrínsecos são representados pelo tipo de desporto praticado, o número de treinos por semana, a intensidade dos treinos e o número de movimentos aéreos realizados durante o desempenho desportivo.

Os riscos intrínsecos, por outro lado, se modificáveis, residem em características tais como força muscular, amplitude de movimento articular e controlo neuromuscular.

O objetivo desta revisão do British Journal of Sport Medicine é compreender se uma análise da amplitude de movimento articular na pré-época pode ser determinada para compreender quais os jogadores que correm o risco de desenvolver uma lesão aérea durante a época desportiva.

O resultado da análise é surpreendente.

A análise do défice da amplitude de movimento articular na rotação externa pode ser preditiva para lesões a dois tipos de desportistas: nadadores e jogadores de basebol. Por outro lado, é ineficaz para os jogadores de ténis e de voleibol.

Esta consideração é extremamente relevante em termos de prevenção.

Clinicamente, o fisioterapeuta pode utilizar o baiobit™ para analisar de forma precisa, objetiva e repetida o défice de amplitude de movimento articular nos atletas, para realizar um rastreio pré-sazonal e para compreender quem está mais em risco de desenvolver um problema de ombro durante a época.

Uma vez estabelecido o défice conjunto, o terapeuta pode trabalhar com exercícios específicos para aumentar a amplitude de movimento articular necessária para os graus fisiológicos, tanto com a ajuda do baiobit™, como com técnicas manuais preferidas pelo terapeuta.

Referência:

Pozzi F, Plummer HA, Shanley E, Thigpen CA, Bauer C, Wilson ML, Michener LA. “Preseason shoulder range of motion screening and in-season risk of shoulder and elbow injuries in overhead athletes: systematic review and meta-analysis”. Br J Sports Med. 2020 Set;54(17):1019-1027.

DOI: 10.1136/bjsports-2019-100698.

Epub 2020 Jan 14.

LER ARTIGO COMPLETO (EM INGLÊS)

 

CONTACTE-NOS

SAUSPORT

NEWSLETTER

Subscreva a nossa newsletter.

 
[]
×
×
INTRODUZA O SEU EMAIL PARA ADICIONAR AO CARRINHO

Não obrigado! Adicionar ao Carrinho *Ao colocar o seu email aceita os termos e condições do nosso site